sábado, 10 de outubro de 2009

NOTICIAS DO DIA :



http://esportes.terra.com.br/automobilismo/formula1/2009/interna/0,,OI4032965-EI12988,00-Em+site+oficial+Red+Bull+diz+que+Brasil+e+como+uma+droga.html

Em site oficial, Red Bull diz que "Brasil é como uma droga"

"Brasil é como uma droga que a Fórmula 1 não se cansa". Assim começa o artigo divulgado no site da equipe Red Bull nesta sexta-feira. O portal lançou a campanha "apenas diga não" e traz um guia de sobrevivência na cidade de São Paulo durante o GP de Interlagos.

O texto diz que através dos anos, a Fórmula 1 aprendeu a apreciar as facilidades do paddock, mas que é para apenas dizer não, como para qualquer droga.

Foi feita também uma lista de perguntas em que a resposta deve ser negativa. Entre as questões estão: "é um rolex de verdade?", "minha mulher vai acreditar que esse fio dental usado é um presente para ela?", "gostaria de beber a oitava caipirinha?", "devo parar no sinal vermelho?", "é uma mulher de verdade?", "quer que eu estacione seu carro?"

O comunicado ainda lembrou que esta não é a última corrida da temporada, como aconteceu nos últimos anos.

O fim de semana da Fórmula 1 em São Paulo começa na sexta-feira, dia 16 de outubro, com os primeiros treinos. No domingo, a corrida está marcada para começar às 14h.


====================


Sueco bebe com amigos e acorda com desenho de pênis tatuado na perna

Joel, de 27 anos, pretende remover tatuagem feita durante porre.
"A última coisa que eu me lembro é de sair do meu apartamento", disse.


Um sueco de 27 anos levou um susto ao acordar depois de uma noite de porre e ver o desenho de um pênis tatuado na perna.

De acordo com reportagem do jornal "Aftonbladet", o homem, identificado apenas como Joel, saiu para beber com uns amigos. Depois de alguns hambúrgueres e uma garrafa inteira de vodca, ele teria desenhado um bigode no dedo de um dos companheiros.

Bêbado, ele anunciou aos presentes que gostaria de fazer uma tatuagem. Um tatuador que estava na lanchonete se ofereceu para fazer o serviço, e eles seguiram de táxi para o estúdio.

"A última coisa que eu me lembro é de sair do meu apartamento", contou ao jornal. No dia seguinte, foi surpreendido por um pênis de 15 centímetros tatuado na perna. Joel disse que pensou na hora do que a mãe dele diria.

Apesar de querer remover o desenho, ele disse não estar bravo com o tatuador. "Ele não me forçou a nada", afirmou.


================================================
================================================


Casal bebe demais e põe menino de 13 anos para dirigir jipe Adolescente foi flagrado dirigindo Land Rover. Mãe e namorado dela se beijavam no banco de trás.

Casal bebeu demais. (Foto: Divulgação/Polícia)

Um casal foi preso em San Anselmo, na Califórnia (EUA), depois de beber demais durante o jantar e colocar um adolescente de 13 anos para dirigir de volta para casa.

De acordo com reportagem da emissora de TV "CBS", Heather Choulos, de 32 anos, e o namorado dela, Donald Hughes, de 29, já tinham sido detidos algumas vezes por dirigirem embriagados.

Na noite de domingo (4), o casal foi jantar em uma pizzaria com o filho de Heather. Depois de alguns copos a mais, eles decidiram que o adolescente deveria voltar para casa dirigindo o Land Rover.


Segundo o policial Rob Schneider, o casal estava se beijando no banco de trás do veículo quando o carro foi abordado. O adolescente, que nunca tinha dirigido, estava em pânico. Ele parou o carro no meio da rua e acabou chamando a atenção dos policiais.

ROB SCHNEIDER :




============================================

Um jovem de 18 anos foi preso depois de distribuir brownies com maconha para comemorar seu último dia de aula em uma escola de Wakulla County, na Flórida (EUA).




De acordo com reportagem da rede de televisão "WCTV", Alga Sanders Junior confessou ter colocado a droga no doce. Pelo menos oito alunos da escola e dois professores comeram os bolos. Um estudante precisou ser levado ao hospital.

Segundo os policiais, uma professora desconfiou que havia algo diferente na receita dos brownies levados por Sanders. Depois de um teste, foi confirmada a presença de maconha.

O jovem disse à polícia que achou que seria "engraçado" dar bolos com maconha para os colegas e que não pensou que alguém pudesse passar mal depois de comê-los. Os pais dos outros estudantes foram avisados, e os alunos voltaram para casa.

=================================================

video bonus pra galera rir dos outros


3 comentários:

Samuka disse...

O curioso caso de Chocodooby!!
É esse muleque dançando...

Eseal disse...

criancinhas mongolóides e cancerosas, politicamente corretíssimo.

tatoogirl22 disse...

Zuou grandão!